Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

06
Jul 14

Não escrevo

morro

despeço-me das palavras... com... com as palavras impossíveis

esmoreço

desapareço

evaporo-me no centro da galáxia mais distante do amor

me canso

e esqueço

não escrevo

e... e morro

vestido com o amor impossível

porque impossíveis são as palavras com que me despeço.

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 6 de Julho de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:06

26
Abr 14

do centro da galáxia chega a mim a voz rouca da solidão

traço rectas no corpo da Lua

desenho corações na ofuscada luz da paixão

do centro da galáxia...

um fio de saudade que se alicerça aos meus braços

e me pede

e me obriga

… a escrever palavras não lidas

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Sábado, 26 de Abril de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:03

Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
17
18

21
23

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Galáxia

palavras não lidas

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO