Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Granito censurado

Francisco Luís Fontinha 12 Jan 14

foto de: A&M ART and Photos

 

Não me perguntem porque desejo tanto o mar

porque sou uma lâmina em papel voando sobre a alvorada embriagada

não quero pertencer aos corações de areia

às janelas sem vidros ou... ou com eles estilhaçados...

não... não me perguntem o que são noites em solidão

masmorras com sabor a limão

mesas candeeiros e portas de entrada em constipação...

não me perguntem pelas palavras mortas

suicidadas

esquecidas

velhas...

… ou cansadas,

 

Não me perguntem pelo verdadeiro amor

embrulhado em lençóis de paixão

não quero saber do luar

da luz

das calçadas com pedras de chorar

não... não me perguntem pelos sábados à noite entre uísque e lágrimas de poesia

corpos despidos pedindo clemência às cordas de nylon em fantasia...

… ou cansadas

não

não me perguntem pelas tristes madrugadas

cintilantes seios no meu peito em granito censurado...

não me perguntem porque desejo tanto o mar.

 

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 12 de Janeiro de 2014

Sobre o autor

foto do autor

Feedback