Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

16
Nov 14

as migalhas são pedaços de inveja

da miserabilidade dos enlatados caixões de porcelana

há sempre uma janela não encerrada...

há sempre uma porta sem saída

não iluminada

há sempre uma rua finíssima

tão fina como as fatias de poesia

que o poeta deixa num banco de jardim.

 

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 16 de Novembro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:41

12
Ago 11

As rosas, meu amor,

Que do teu jardim se alimentam

E nas gaivotas em dor

Nos meus braços se lamentam,

 

No meu corpo crescem desejos

E da tua mão silêncios ao amanhecer

Na tua boca, meu amor, os beijos

E a vontade de viver,

 

O dinheiro que nos falta

No amor que sobeja

Há tanta gente, meu amor, a chatear a malta

E que morre de inveja…

publicado por Francisco Luís Fontinha às 12:48

Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

pedaços de inveja

A inveja

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO