Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Lua Azul

Francisco Luís Fontinha 31 Ago 12

Tão triste

ver o silêncio da Lua Azul

e saber que o teu sorriso

deixou de acordar

Tão triste

ver o silêncio da Lua Azul

e saber que o teu olhar

cessou no jardim da saudade

 

tão triste

hoje

a noite

 

com a cidade construída de medo

e janelas de sofrimento

as lágrimas de luz

sobem aos móveis da melancolia

 

o vento

tão triste

hoje a noite de Lua Azul...

 

(poema não revisto)

Sobre o autor

foto do autor

Feedback