Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

03
Abr 11

Encosto-me ao soalho da praia

E junto ao rodapé

Escondo a minha sombra

Nas minhas mãos

E no meu rosto desenho uma gaivota

Órfã da madrugada

 

Caminho no corredor da maré

E as portas do pôr-do-sol

Encerradas em mim

Onde fresta de luz

 

Saem do meu corpo

E como pregos

Espetam-se no soalho da praia  

Abro a janela do amanhecer

 

E sinto que a lua hoje não veio

Hoje escondida no telhado das árvores

Que assombram o meu jardim

Junto ao rodapé…

 

A minha sombra escondida

E o mar em assobios constantes

Encosto-me ao soalho da praia

E junto ao rodapé

 

Uma voz a chamar-me… - Pai!

 

 

 

FLRF

3 de Abril de 2011

Alijó

publicado por Francisco Luís Fontinha às 12:01

Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
16

17
19
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

O soalho da praia

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO