Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

A roda com dentes de marfim

Francisco Luís Fontinha 17 Nov 11

Há uma roda cansada de girar

Há um tempo sem tempo

E continua a caminhar

Há uma roda

Uma roda com dentes de marfim

E nos lábios um calendário de bolso

 

Há uma roda

E eu

E eu sinto-a dentro do meu peito

E continua a caminhar

Uma roda dentada

Cansada de girar

 

Há uma roda cansada de girar

E o raio da roda que não cessa de caminhar

Há uma roda

Uma roda dentro do meu peito

Desajeitada

Sem jeito…

 

Uma roda dentada

E com dentes de marfim…

E nos lábios um calendário de bolso

 

Há uma roda

E eu

E eu sinto-a dentro do meu peito

E eu sinto-a dentro de mim

Desajeitada

Sem jeito…

Roda gigante

Francisco Luís Fontinha 9 Abr 11

Viver na roda

Ser uma roda gigante

Em constante movimento

Não ter braços para acenar

Não ter lábios para beijar

Sem boca para falar…

 

À roda que não pára de girar.

 

 

FLRF

9 de Abril de 2011

Alijó

Sobre o autor

foto do autor

Feedback