Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

27
Dez 19

Sou um petroleiro fundeado nos teus braços,

Meu Tejo dos cansaços.

Sou um petroleiro em combustão,

Nas manhãs de nevoeiro,

Sou a fogueira da madrugada.

Sou um petroleiro,

Cansado da geada,

E do cacimbo da tua mão.

Sou um petroleiro esfomeado,

Passeando no deserto tua canção.

Sou um petroleiro avariado,

Nos rochedos da solidão.

Sou um petroleiro vagabundo,

Imundo.

Sou um petroleiro sem comandante,

Que Às vezes vai ao fundo.

Que Às vezes, sente.

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

27/12/2019

publicado por Francisco Luís Fontinha às 19:55

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
20

24
26

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO